Nuno Nabiam apresenta demissão

O Primeiro-ministro Nuno Gomes Nabiam apresentou hoje ao Presidente da República a sua carta de demissão do cargo e, consequentemente, do atual governo por ele liderado.

O anúncio foi feito pelo ainda chefe do executivo guineense, após uma audiência com Umaro Sissoco Embaló, precisamente, no quadro da auscultação aos partidos com assento parlamentar para a nomeação do novo Primeiro-ministro.

“Portanto, a partir de hoje, vamos acompanhar o processo, eventualmente, com a passassão do novo Primeiro-ministro, assim como os restantes membros do meu executivo”, referiu, adiantando que esta passagem de testemunha terá lugar ainda no decorrer desta semana.

Entretanto, Nuno Gomes Nabiam, igualmente líder da Assembleia do Povo Unido – Partido Democrático da Guiné-Bissau (APU-PDGB), garantiu que a sua formação política não vai integrar o próximo governo, preferindo ficar na oposição para dar a sua contribuição, apoiando naquilo que considera de bom e criticando o contrário.

Lembrou que, ao contrário do que acontecera em 2019, quando o PAIGC ganhou as eleições com maioria relativa (47 mandatos), desta vez, a coligação PAI –Terra Ranka venceu com 54 deputados, portanto, deve ser permitido governar, conforme os desejos do povo, que lhe confiou o poder.    

About The Author

Deixe um comentário