Novo Procurador-Geral promete mão dura contra corrupção

O novo Procurador-Geral da República (PGR) prometeu, dia 05 de maio, que a prioridade do seu mandato será a luta contra a corrupção e o crime organizado, tendo acrescentado que ninguém estará acima da lei mesmo as autoridades mais poderosas do país.

Na ocasião, Fernando Gomes mostrou o quanto os magistrados têm a responsabilidade clara e objetiva de defender o interesse público, acima de qualquer consideração de conveniência pessoal.

Gomes disse que o caminho do magistrado deve ser construído pelo bom e incessante combate, razão pela qual a população guineense deposita toda a esperança de ver florescer um novo padrão ético no trato da coisa pública.

“No âmbito das suas atribuições constitucionais, os magistrados têm o dever de não faltar aos anseios da sociedade que são o combate à impunidade e a corrupção na Guiné-Bissau”, disse.

Este responsável reconheceu que a sua instituição dispõe de quadros experientes, forjados na labuta diária pela causa a que abraçaram.

Fernando Gomes aproveitou a ocasião para considerar de maldade e caluniosa as insinuações contra a sua pessoa por alguns órgãos de comunicação social guineenses nos últimos dias por indivíduos que nunca fizeram nada para o país.

Por seu turno, em curtas palavras de despedida, o Procurador-cessante, Ladislau Embassa, apelou aos magistrados do Ministério Público no sentido de manterem o espírito de coesão, a predisposição e o respeito porque as pessoas passam, mas a instituição é sempre o que fica.

Por: Julciano Baldé

About The Author

Deixe um comentário