Governo prorroga estado de calamidade apesar da redução de óbitos e novos casos de Covid-19

O Governo prorrogou para mais 15 dias a vigência do estado de calamidade, que se iniciou às 00horas de hoje, 26 de setembro, com o término às 23h59 minutos do dia 10 de outubro.

Contudo, o Alto Comissariado para a Covid-19 anunciou que o país registou decréscimo tanto dos números de novos casos quanto de óbitos, nas últimas três semanas.
O decreto alertou que as taxas de positividade e de internamento continuam ainda a ser um motivo para a preocupação dos guineenses.
No caso concreto de hospitalições, a taxa situa-se pouco acima dos 50 por cento, situação que, conforme o próprio documento do Governo, ultrapassa a capacidade nacional, o que revela a necessidade de aplicar ainda mais as medidas restritivas para reduzir a propagação da doença, sob pena de a situação descontrolar-se a qualquer momento.
Entretanto, em relação ao último decreto, o atual não trouxe grandes novidades nem alterações.

Aliu Baldé

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *