9 Abril 2020

Presidente da República visita três países da sub-região

O Presidente da República, general Umaro Sissoco Embaló, efectuou de 10 a 13 de março corrente umavisita oficial ao Senegal, Níger e Nigéria.

A visita teve como objectivo principal, manifestar e agradecer a solidariedade das autoridades e dos povos irmão da sub-região para com a Guiné-Bissau, considerando sim os momentos difíceis que o país atravessou nos últimos tempos.

Em declarações aos jornalistas, no aeroporto de Bissau, antes da sua partida, o Chefe de Estado, referiu que foi ele quem mandou cancelar a missão de peritos constitucionais da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), aludindo que, na Guiné-Bissau, há constitucionalistas e um órgão responsável para dirimir conflitos judiciais, que é o Supremo Tribunal de Justiça.

O Comandante em Chefe das Forças Armadas disse ter dado ordens ao Primeiro-ministro, Nuno Gomes Nabiam, para cancelar a missão da CEDEAO porque, afirmou, a Guiné-Bissau é um Estado soberano com quadros em matéria de Direito Constitucional e que não precisa de ninguém nesse sentido.

Sissoco Embaló adiantou, também, ter dado instruções a Nuno Nabiam para mandar acantonar as forças da Ecomib estacionadas no país desde 2012, por entender que não é preciso que forças estrangeiras continuem a garantir segurança às instituições guineenses. Aliás, sobre esse assunto, a União Europeia informou que já disponibilizou cerca de 27,6 milhões de euros para a força de ECOMIB estacionada no país desde 2012.

Umaro Sissoco Embaló viajou para três países da África Ocidental na qualidade de Chefe de Estado, sendo acompanhado da ministra dos Negócios Estrangeiros, Cooperação Internacional e das Comunidades, Suzy Carla Barbosa, que acaba de tomar posse.

Por:Seco Baldé Vieira

shares