9 Abril 2020

Autoridades sanitárias promovem desparasitação de crianças do país

O Ministério da Saúde Pública, através da Direção-Geral da Saúde Materno-Infantil e a Direção de Serviço de Nutrição com apoio do Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef) vão promover, durante todo ano de 2020, uma atividade gratuita a nível nacional de suplementação com a vitamina A às crianças dos 6 aos 59 meses e à desparasitação às de faixa dos 12 aos 59 meses.

De acordo com uma nota de imprensa datada de 24 de fevereiro passado e enviada aos órgãos de comunicação social, a Direcção-Geral da Saúde Materno-Infantil e a Direção do Serviço de Nutrição indicam que a primeira fase desta intervenção  decorre  de fevereiro a março, e a segunda terá lugar  em julho de 2020.

Segundo a nota, “a atividade em causa será feita porta a porta e visa atingir cerca de três mil crianças contra doenças, bem como assegurar o crescimento e a melhoria de aprendizagem das mesmas, através da eliminação de parasitas intestinais e promoção de boas práticas de nutrição “, lê-se no comunicado.

A suplementação e a desparasitação figuram entre as 16 boas práticas familiares essenciais recomendadas para assegurar a sobrevivência e o desenvolvimento das crianças e estão inseridas nas prioridades das autoridades guineenses visando a redução da mortalidade nas crianças menores de 5 anos, no horizonte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A nota refere, ainda, que por esta vai ser uma atividade cujo impacto direto contribui para a melhoria da saúde e bem-estar das crianças guineenses, a colaboração e a sinergia entre a população, as direções regionais de saúde, os agentes de saúde comunitária e a comunidade são imprescindíveis para o sucesso da iniciativa em causa e consequente melhoria de resultados.

shares