2 Abril 2020

Centenas de pessoas marcham para pedir reconciliação e unidade dos guineenses

Mais de uma centena de pessoas provenientes de diferentes regiões do país marcharam ontem, 8 de abril 2018, com a estatueta de Amílcar Cabral (fundador da nacionalidades guineense e cabo-verdiana) e da “Nimba – Deusa de fraternidade” da etnia Nalu, com o propósito de apelar à paz, à reconciliação e à unidade entre os irmãos guineenses. A marcha promovida pelo “Projeto do Fórum de Paz”, juntou onze grupos vindos de todas as regiões da Guiné-Bissau, incluindo do setor autónomo de Bissau. Marcha teve início na Praça dos Mártires de Pindjiguiti, os marchantes passaram pela avenida Amílcar Cabral, Rua Eduardo Mondlane, avenida Comandante Osvaldo Vieira, Av. Francisco Mendes e avenida dos Combatentes da Liberdade da Pátria. Durante a marcha se ouviam as seguintes palavras de ordens pronunciadas em crioulo: “Wai-ó wai-ó, Cabral ka murri, waí; wai-ó fórum na pidi paz ku reconciliason”, entre outras. No percurso, a estatueta de ‘Cabral’ e ‘Nimba’ carregadas pelos jovens, saudaram pessoas em diferentes pontos.