8 Abril 2020

Campanha de caju 2018/ Governadores regionais prometem vigiar a venda da castanha a 1000 fcfa o quilo

Os Governadores regionais, administradores, secretários sectoriais e régulos do país prometeram vigiar a medida de aplicação do preço indicativo de mil francos CFA por cada quilograma de castanha de cajú anunciada no último fim de semana, em Gabú ,pelo Presidente da República.

Em nome dos Governadores regionais, Quintino Rodrigues Bone, da Região de Bolama Bijagós, destacou em declarações aos jornalistas a saída do encontro com Chefe de Estado que é a primeira vez que se estipula a quantia de mil francos por quilo como preço básico logo no arranque da campanha. Garantiu que vão lutar, exigir e controlar para que o referido preço se mantenha, salientando que também vão proteger os operadores económicos das cobranças das taxas, de que são alvos tanto do Ministério de Comércio, as Alfândegas e Finanças bem como a fraude praticada por muitos produtores para terem mais lucro, dando como exemplo, a não secagem da castanha para ter mais peso. Advertiu aos operadores para não utilizarem o arroz inapropriado para o consumo humano durante a campanha, acrescentando que o infractor será severamente punido tendo prometido reforçar a campanha de sensibilização dos produtores para a melhor conservação da castanha. Por sua vez, o régulo de Cossora, Mamadú Nene Baldé disse que durante o encontro abordaram com Presidente da República a questão sobre como os produtores podem guardar dinheiro adquirido durante a campanha nos bancos para se evitar de receber dinheiros falsos. Disse estar satisfeito com a medida tomada por Chefe de Estado de reduzir os custos das taxas de cobranças por parte do Estado relacionadas aos pagamentos na balança, ao Guarda Nacional, Fundo Rodoviário entre outros. ANG/JD/AC/SG
shares